2 de julho de 2013

Preguiça

Odeio dizer que tenho preguiça das pessoas, sempre me parece leviano, sempre me parece dramático e sem necessidade, não gosto. Mas a verdade é que não consigo achar um termo que se encaixe melhor para esses dias.

Tudo isso porque tenho a sensação de que virei uma imensa curva de rio, tudo o que é tralha para por aqui e atrapalha o fluxo das águas. Eu quero achar que é mera coincidência a incidência de babaca por vida quadrada, mas sempre fica uma pontinha, uma centelha aqui de incerteza falando baixinho: "deve ser culpa minha, eu passo algo que atrai gente assim, eu chamo situações destrutivas".

É tanta incidência por esses dias que tô me repetindo, tô revendo assunto antes resolvido, tinha dado como certo que o problema não era eu, mas voltei a achar que é. Preguiça das pessoas, inclusive de mim.

Saudação aos envolvidos.



5 comentários:

Carlos disse...

"Is that all there is?
If that's all there is, my friend,
Then let's keep dancing
Let's break out the booze
And have a ball"

Cleber D. Gräuth disse...

Gostei. hum estou adicionando alguns seguidores do blog no Facebook. Me adiciona lá. https://www.facebook.com/cleber.grauth

Nanie Dias disse...

Frequentemente eu tenho preguiça das pessoas... com maior frequência de mim mesma, mas também dos outros de vez em quando...

Beijos,
Nanie

Winnie Affonso disse...

Problema não é vc, problema é do mundo que reúne muito babaca. (Y)

Nina disse...

Eu também tenho preguiça da humanidade.
O que mais vejo é gente cabeça dura, errando, errante, sabendo o motivo dos próprios erros e lutando pouco para nadar contra a corrente, sabe?
Mas enfim, nem é da minha conta.
Abraços.