22 de abril de 2013

Pequenas mortes na cama

Um mini amor, daqueles que te deixa viciada e meio sem centro.
Daqueles que te faz acordar, almoçar e jantar na cama, tudo na cama.
Uma pequena novidade, ficar na cama em companhia. 
É, acho que é um bom começo, pelo menos para matar o tédio, uma sequência de pequenas mortes.

Um comentário:

Deh disse...

Aaaah. Esses tempos.
Aaaah, puxa, quanto tempo. Algum tempo.