15 de agosto de 2013

Camomila, calmamila

Eu tô achando que tudo é uma grande piada, mas preciso contar. Vamos lá, a coisa deve ser longa, me acompanhe, amigos.

Eu tenho enxaqueca desde os 12 anos, quer dizer, tenho enxaqueca há 19 anos. Bom, eu já fiz de tudo, todos os exames, tomei antidepressivos que me doparam, tomei injeções na veia pelo menos uma vez ao mês, além de todo tipo de remédio que possa imaginar, já passei um dia me drogando tanto que desmaiei, cai da cadeira e bati o rosto, estando de óculos. Enfim, tudo isso para dizer que já tinha aqui comigo consolidado a ideia de que EU TENHO ENXAQUECA. 

Basicamente consegui identificar dois gatilhos das dores: alimentação e nervoso. A solução? Fiz [faço] acompanhamento com nutricionista e reeducação alimentar, com pitada de dieta. Faço terapia, uma forma de buscar o equilíbrio mínimo, não pirar, diminuir ansiedade, me entender e aquela porra toda.

Bom, as dores têm voltado um cadinho, esses dias tive um treco no olho, uma aura e fui no oftalmo, soube que tenho enxaqueca retiniana, porque a vida tem que ter emoção. Ok, não é grave, é só um fenômeno que me deixa com a visão comprometida por uns 30 minutos.

Eu marquei neurologista, fui lá hoje e, olha, eu ainda não consegui entender o que aconteceu.

Primeiro ele disse que eu não tenho enxaqueca coisa nenhuma, que enxaqueca com dores por 3/4 vezes ao mês NON ECZISTE, que normalmente se tem uma crise ao mês, quer dizer, tô explorando a minha enxaqueca, ou o que quer que seja, e fazendo ela trabalhar mais do que deve. 

Depois ele quis saber se eu era ansiosa, disse que sim, que inclusive fazia terapia há 2 anos e que tinha melhorado. A resposta? 

- Eu quero um diagnóstico da sua terapeuta, e não me venha falar que faz aconselhamento, porque se você passa por ela 1 vez por semana, por 2 anos e está assim, tem algo errado. Ou você virou amiga dela e vai lá pra bater papo ou algo muito pior.

Depois disso tudo e eu ficando sem reação e muda, do jeito mais babaca possível, porque eu sou assim, eu tenho reação retardada e só sei o que dizer depois de um tempo, perguntei o que poderia tomar em caso de dor e, senhoras e senhores, a resposta para todos os problemas não é 42, é...

[rufem os tambores]

CAMOMILA!

SIM! CHÁ DE CAMOMILA! ESTA É A SOLUÇÃO DA MINHA VIDA.

Não é a reeducação alimentar, não é terapia, eu só preciso tomar chá de camomila que tudo vai ficar bem, porque, segundo ele, eu tenho um quadro de ansiedade e AGRESSIVIDADE, de onde ele tirou a agressividade eu não sei, porque eu nem bati nele, acho que deveria, mas apenas fiquei tão chocada que me limitei a fazer cara de paspalha a consulta toda. [usar casaco vermelho e bolsa de caveira mostra agressividade? Só se for isso]

Duas ironias:
- eu odeio chá de camomila.
no parquinho as professoras me chamavam de "camomila" porque eu era calminha e eu ODIAVA ser chamada assim. 

Bom, eu saí de lá com uma receita para comprar 1kg de camomila, mas de feira, porque de saquinho não pode, e com minha confiança meio bêbada, porque um médico falou em tom irônico que eu faço terapia há 2 anos e continuo "assim". Tô ainda pensando o que é "assim".


3 comentários:

Tales Gubes disse...

Indicações de um novo neurologista em 3... 2... 1...

livroseoutrasfelicidades disse...

De acordo com o comentário acima... melhor consultar outro neuro, nem que seja prá confirmar a camomila, né?

Anônimo disse...

Camomila dá muito resultado sim!!! Pedi para Manipular cápsulas de 250mg de Camomila. Tomo 2 vezes ao dia. Minhas crises de dores TODOS...TODOS os dias...reduziu para uma ou duas por mês. Dou Graças a Deus pela CAMOMILA!!!!