31 de julho de 2012

Direção errada

Aquela vontade de fazer alguma coisa errada, pegar um caminho duvidoso, um momento de prazer e seis momentos de raiva, só para ter alguma movimentação, sabe como é? 

Quando não tem nada certo, o estrago sempre parece uma saída, no mínimo, divertida.

Um comentário:

Winnie Affonso disse...

Entendo perfeitamente.
Ando preferindo que tudo dê errado, mas que pelo menos alguma coisa aconteça.