20 de março de 2012

Racional

Desde que voltei de viagem meu relógio está marcando - - : - - e piscando. Não tive vontade, coragem e nem pretensão de arrumá-lo. Têm momentos em que o tempo realmente se torna relativo e já não importa mais, se são horas, dias, semanas, meses. Não faz diferença, sobretudo porque a canseira em esperar algo que nunca vem é mais forte, o tempo não tem valor real aí, ele é racional demais para algumas emoções.

Eu cansei de esperar um pouco de sinceridade dos outros ou talvez eu tenha me cansado de não ouvir o que queria. Porque depois de ouvir tanta merda e ser tratada como não gostaria, não tem muita importância continuar querendo algo, né? Tratar os outros como você gostaria de ser tratado é uma das maiores mentiras perpetradas, simplesmente porque não tem coerência, é baseado num mero ponto de vista, não tem como esperar reciprocidade em algo pessoal porque o ponto é variável.

Não é adulto esperar o que logicamente não virá, por isso, enquanto eu destilo toda minha imaturidade em querer o que aparentemente não vou ter, decidi ficar quieta. É uma decisão falsamente mais madura eu acho, mas pelo menos é unilateral, só eu mesma posso me decepcionar e com isso eu sei lidar melhor.

2 comentários:

Gharcia disse...

porque quem vive de esperança está condenado a morrer de fome. B. Franklin ou tanto faz...

gilgomex x disse...

Concordo. E como ou um cara que gosta de discordar, concordei com a sua discordância. Isso deve fazer algum sentido... rs. Mas também não acho que dá pra esperar nada que pareça com o que realmente queremos em outra pessoa e nem tratar alguém como gostaríamos de ser tratados, pq muitas vezes o outro pode não curtir ser tratado assim... Será que fui redundante?