22 de setembro de 2015

Eu, primeira pessoa do singular

Quando eu passei por reeducação alimentar, escutava: nossa, sua nutricionista deve ser ótima.

Sim, ela é, mas quem quis e se esforçou para mudar fui eu.

Quando estava deprimida e fiz terapia, escutava: nossa, sua psicóloga deve ser ótima.

Sim, ela é, mas quem quis e se esforçou para mudar fui eu.

Agora me falam que meu namorado deve ser ótimo, porque eu mudei e estou linda.

Sim, ele é, mas quem quis e se esforçou para mudar fui eu.

Eu ainda estou em primeiro lugar na minha vida, não tira minha autonomia, por favor, porque eu não permito isso.


2 comentários:

Ingrid Voigt disse...

Te aplaudo :)

Denilce Bizerra disse...

Sempre foi linda, e a mudancas todas que vieram pra te fazer felizinha são creditos seus e de mais ninguem. Admiro