16 de agosto de 2011

Na parte de dentro

Lá estava escrito "Forever, I love you forever" e eu não sei se isso é possível, quer dizer, há amores que são incondicionais, eu sei, esses são para sempre, são os de pais, filhos, avós, família e amigos. Mas e aquele amor que te deixou com o coração batendo mais rápido com 15 anos e agora não causa mais efeito algum? E aquele amor dos 17 que te fez gaguejar? E o amor dos 21 que te fez descobrir coisas novas? O que aconteceram com eles? Perderam posto de amor só porque acabaram?

De onde vem esse conceito que amor, só é amor se dura pra sempre? Eu amei sim, mas acabou, então não era amor? Era cilada? Bom, alguns casos eram sim, ciladas, cegueiras, carência demais, mas em outros casos insisto que foi amor. Não é mais, mas foi.

A questão suscitada acima só aconteceu porque ganhei um bloquinho de papel da minha mãe, dentro dele, em cada folhinha está escrito "Forever, I love you forever" ao menos vou poder deixar diversos bilhetinhos para ela, só para ela.
















Forever



6 comentários:

Gharcia disse...

Mas quando vc esta em estado de amor deve ser comum achar que seria pra sempre.

É como a esperança no paraíso eu acho.

Anônimo disse...

Eu acredito que se não existe um motivo traumatizante, o amor não acaba. Muda, mas não acaba.

Gharcia disse...

Ai dscp! Sim? Que bom. ^_^
detesto fazer comentários consecutivos mas já tinha postado e como assunto ainda nao saiu da cachola, lembrei desta musica.

http://www.google.com.br/m/url?client=safari&ei=NCpLToDoB8jqsgeY_aOOAQ&hl=pt&oe=UTF-8&q=http://www.youtube.com/watch?v%3DredOxhfenp8&ved=0CBkQtwIwAQ&usg=AFQjCNHKey13PZ4wWHiMgkeBSmLTaLYlmA

É sempre amor mesmo que mude...

Milla Pupo disse...

Isso, Gharcia! É sempre amor, mesmo que mude.

Valeu, não conhecia a música :)

Milena disse...

o amor muda porque nós mudamos. mas sempre amamos, então é isso.

Yuri Kiddo disse...

nem me arrisco a amar quando ainda há amor.